O Futuro do Emprego no Brasil

Com o avanço da 4ª Revolução Industrial, as discussões sobre o Futuro do Trabalho se intensificam ao redor do mundo. No Brasil, onde a taxa de desemprego está acima dos 11%, as preocupações sobre o emprego focam no curto prazo e o futuro tende a ser deixado de lado. Dado esse contexto, o relatório da UFRJ ( http://labfuturo.cos.ufrj.br/wp-content/uploads/2019/08/O-impacto-da-automa%C3%A7%C3%A3o-no-Brasil.pdf ) foca no impacto de novas tecnologias sobre o emprego no Brasil. A análise realizada se baseia numa estimativa da probabilidade de automação para cada uma das mais de 2.500 ocupações brasileiras. Com base nessa estimativa, é feito um cruzamento com outras informações sobre os trabalhadores e as empresas.

Além disso, o relatório traz uma explora o impacto da automação sobre cada um dos municípios do país. Os resultados do estudo mostram que 60% do emprego no Brasil deve ser altamente impactado pela automação nas próximas décadas com diferentes grupos de municípios sendo impactados em graus diferentes. A análise também indica que os grupos sociais mais vulneráveis serão os mais impactados.

O relatório, em questão, está dividido da seguinte forma: a primeira seção introduz o trabalho; a segunda seção apresenta os trabalhos relacionados sobre automação e o futuro do emprego; a terceira seção descreve a metodologia do relatório de forma detalhada; a quarta seção é dedicada à apresentação dos resultados; a quinta seção discute os resultados; a sexta seção traz uma lista das limitações do relatório; a sétima seção comenta os trabalhos futuros; a oitava e última seção traz alguns comentários finais.



0 visualização

©2019 by Latin America Industry 4.0 Observatory. Proudly created by GPIPP/University of Brasília